Lula Queiroga mergulha nas águas do Capibaribe e emerge com músicas de alta voltagem poética

Programa: Aplauso | Episódio #1 Temporada #1 | Fonte: Rádio Câmara
Postado em 27/05/2024 20:00:00 | 0 | 0


Um sobrevoo pelos 240 Km do pernambucano rio Capibaribe e uma exposição sobre o poeta João Cabral de Melo Neto, em Paris, foram os pontos de partida para as músicas do álbum Capibaribum, primeiro disco temático de Lula Queiroga que bebe no rico acervo rítmico de Pernambuco. O poeta, cantor e compositor esmiúça, nesta edição do Aplauso, as lembranças do rio-poesia de João Cabral* e as próprias memórias do rio-tempo de sons ancestrais. Para essa experiência simbiótica, Lula Queiroga convidou os amigos Chico César, Zé Renato, Marcelo Falcão, Bruna Alimonda, Caju e Castanha, além da sobrinha Ylana Queiroga que dividem com ele os xotes, forrós, maracatus e baladas do disco.

Tags: #samba #mpb #lulaqueiroga


Você também pode se interessar por...

Aplauso

Chico Buarque - 80 anos de música e dramaturgia

Não é de hoje que a obra do cantor e compositor Chico Buarque é tema de estudos acadêmicos e assunto para livros que analisam suas canções. Em 2024, ano em que ele completa 80 anos, as prensas aumentaram sua produção e novas publicações chegaram às livrarias. #samba #mpb #chicobuarque

Cena do Samba

Ubirany, do Fundo de Quintal, morre aos 80 anos

Vítima de covid-19, o Ubirany Félix do Nascimento, o Bira do grupo Fundo de Quintal, morreu nesta sexta-feira (11), aos 80 anos. O grupo transformou o samba carioca nos anos 70. Ubirany participou da edição 200, do programa Cena do Samba. Ele contou histórias sobre a formação do grupo e a relação com artistas como Luiz Carlos da Vila e Beth Carvalho. #samba

Samba da Minha Terra

Moyseis Marques: devoto da raiz do samba

Samba da Minha Terra traz interpretações e composições de Moyseis Marques, fiel discípulo do samba de raiz. Ele nasceu na Zona da Mata de Minas Gerais, cresceu no subúrbio do Rio de Janeiro, mergulhou em variadas batidas da MPB até se apaixonar pelo velho e bom samba. #samba #mpb

Aplauso

Brasil-Portugal: conexões musicais e poéticas (Parte 1)

O intercâmbio musical e poético entre Brasil e Portugal será o destaque de duas edições especiais do programa Aplauso. Nesta primeira parte, a jornalista Carmen Delpino entrevista o pesquisador musical Rodrigo Faour e o cantor e compositor Alceu Valença, artista que criou o fado P da Paixão, em homenagem ao país irmão. #samba #mpb #portugal

Samba da Minha Terra

Clara Nunes e Paulo César Pinheiro

Samba da Minha Terra mergulha novamente nos 9 anos de paixão do casal Clara Nunes e Paulo César Pinheiro. Os dois se conheceram em plena quadra da Portela em 1974 e só separaram com a morte dela, em 1983. Os sambistas Mauro Duarte e João Nogueira funcionaram como verdadeiros cupidos na parceria de sambas de Paulo eternizados na voz de Clara. O programa traz trechinhos de entrevistas em que confessam a importância que um teve para a carreira e a vida do outro. O quadro "Poesia do samba" destaca os versos de amor e dor de "À flor da pele", única composição de Clara, feita em parceria com Paulo. #samba

Samba da Minha Terra

Clube do Samba - 45 anos

Samba da Minha Terra terá duas edições seguidas para celebrar os 45 anos do Clube do Samba, fundado em maio de 1979 no quintal da casa de João Nogueira, no Méier, zona norte do Rio de Janeiro. Surgiu como espaço de valorização dos sambistas de raiz, em um tempo em que o samba agonizava diante de emissoras de rádio e TV que só abriam espaço para discoteca e modismos estrangeiros. #samba #martinhodavila #joaonogueira

Aplauso

Aplauso aborda trajetória e discos cultuados de Jorge Ben Jor

O álbum A Tábua de Esmeralda (Philips -1974), um dos mais cultuados da discografia de Jorge Ben Jor, está completando 50 anos. O mistério por trás desse disco inspirado nos alquimistas é um dos assuntos tratados nesta edição do programa Aplauso que recebe a jornalista, pesquisadora e biógrafa de Jorge Ben Jor, Kamille Viola. #samba #mpb #jorgebenjor

Samba da Minha Terra

Paulo César Pinheiro: recordista de sambas

Abril marca o aniversário de Paulo César Pinheiro. Samba da Minha Terra viaja pelos 75 anos desse mestre da MPB. Ele mergulhou na profusão de composições ainda moleque, aos 14 anos, quando criou a poética valsa "A viagem". Os festivais musicais dos anos 60 e 70 deram vazão à veia criativa com clássicos como "Lapinha", eternizado por Elis Regina. O cara cultiva recordes: são mais de 2 mil composições com cerca de 120 parceiros, dos naipes de João Nogueira, Baden Powell, Eduardo Gudin, Joyce, Edu Lobo, Luciana Rabello, Dori Caymmi, Mauro Duarte. #samba #paulocesarpinheiro

Anterior 1 2 Próxima 

Quer saber mais?

Rádio Web Splendor

Visite nosso site

Ouça ao vivo a rádio e fique por dentro de tudo que rola na programação [clique aqui]

Programação

Conheça todos os programas que vão ao ar diariamente na rádio [clique aqui]

Notícias

Confira as últimas notícias publicadas no site da rádio. [clique aqui]


Siga a rádio!
Canal no Youtube

Inscreva-se no canal da rádio no Youtube [clique aqui]

Instagram

Já segue a rádio no Instagram? [clique aqui]

Facebook

Curta a página da rádio no Facebook [clique aqui]

Twitter

Siga a rádio no Twitter [clique aqui]

Ouça "Rádio Splendor - Programas" no Spreaker.